Casa das Partículas | Centro de Pesquisas

Arquitetura popular na Serra da Mantiqueira

Casa das Partículas | Centro de Pesquisas

Em São Lourenço, MG, visite a Casa das Partículas

Casa das Partículas | Centro de Pesquisas

O mais belo monumento artístico de Minas Gerais | São Lourenço MG

Casa das Partículas | Centro de Pesquisas

Arquitetura popular e altamente criativa | Sçao Lourenço MG

Casa das Partículas | Centro de Pesquisas

A qualidade da arte mineira | São Lourenço MG

domingo, 10 de maio de 2015

Casa do Filósofo em São Lourenço, MG

marquinho filósofo
casa do filósofo Marco Aurélio Dias, em São Lourenço, Minas Gerais, é um projeto cultural que objetiva demonstrar a natureza quântica do mundo e que a impressão da massa indivisível é uma percepção ilusória e rápida. O fato de não prestarmos muita atenção nas coisas que vemos e de não nos determos, analisando-as, entendemos errado o processo visual. Fugimos da vida real porque não a entendemos como a vida verdadeira. Passamos quase que a vida inteira observando os outros para saber se eles estão progredindo mais que a gente ou se estão sendo mais felizes do que nós. Ocultamente, adoramos quando o próximo cai em desgraça, pois significa que ele está mais fraco do que nós ou que o vencemos. Estamos em permanente competição. Se estivéssemos vivendo a nossa vida real, sem ânsia de consumo, sem a aflição do medo de ser menos do que os outros, sem fugir do vazio natural, enfrentando o nada, a não identidade, então teríamos a consciência real de nós mesmos e do mundo que nos cerca. O condicionamento visual limita a percepção continua e produz compreensão automatizada. É clássica a frase de Marco Aurélio Dias: "a mulher não está tendo um filho, ela está saindo de dentro dela mesma". Estamos condicionados a pensar que a mulher produz outra pessoa, quando, na verdade, ela apenas sai de dentro de si mesma. É importante entender diferente do pensamento condicionado. A busca exagerada de riqueza material é um condicionamento. Existem outras formas melhores de ver e organizar a vida social. Mas a percepção descondicionada é que pode levar as pessoas a se tornarem criativas e é a única que conseguiria mudar o mundo. O capitalismo e o consumismo são apenas condicionamentos adquiridos, mas a experiência da vida real quebra a cadeia de condicionamentos e abre a "clarividência perceptiva" para entender, desejar e viver a vida real, como o fez Nhá Chica.

terça-feira, 2 de setembro de 2014

O filósofo e a vida simples


marco aurelio dias
O pensador Marco Aurélio Dias, autor do projeto Casa das Partículas, Casa dos Cacos ou simplesmente Capela Nhá Chica, em São Lourenço, Minas Gerais, sempre defendeu uma filosofia de comportamento capaz de fazer o indivíduo desafiar os condicionamentos cotidianos e os limites culturais que embaçam a percepção da vida real (simplicidade natural). A sofisticação social é uma fuga da realidade da vida simples. Desde que decidiu levar vida simples em São Lourenço, interior de Minas Gerais, na década de 70, entendeu que o indivíduo deve exercer continuamente uma força psíquica para descondicionar-se dos conceitos que lhe são inculcados, principalmente os conceitos de consumo desnecessário apenas para fugir da rotina e sair da realidade da vida simples. A educação poderia fazer esse papel de libertadora dos condicionamentos e tornar o indivíduo criativo e apto a identificar o verdadeiro significado das impressões que obtém do mundo, mas ela, ao contrário, condiciona aos padrões sociais da pessoa capitalista, consumista, competitiva e burocrática. 

sexta-feira, 8 de agosto de 2014

Identidade virtual e liberdade

pesquisa virtual
Estudo dirigidos por Marco Aurélio Dias concluíram que pelo menos 70% das pessoas tem algum tipo de insatisfação com sua identidade pessoal: nome, sobrenome, família e representação social. Essas pessoas desejariam ter outra identidade e outra representação social. Não foram feitas perguntas para saber se os entrevistados estão satisfeitos ou não com sua cor, seu corpo e seu tipo físico. O motivo foi avaliar o grau psicológico de insatisfação social. Outras pesquisas paralelas sobre a identidade virtual mostraram que através da identidade virtual a pessoa experimenta uma liberdade que não consegue obter com a identidade social. Então foi concluído que dois fatores resumem o crescente gosto internacional pela identidade virtual: insatisfação e busca de mais liberdade de expressão. A pesquisa concluiu, ainda, que em boa parte dos entrevistados a identidade virtual (nick), tanto em sala de batepapo, salas de relacionamentos, facebook, orukt, google +, twitter, UOL Mais, etc., pode ser mais importante do que a identidade social. Ou seja, a pessoa fica mais satisfeita com a identidade virtual do que com a identidade social. Essas conclusões não são definitivas e as pesquisas continuam para saber que nível de liberdade as pessoas buscam na vida virtual.

domingo, 3 de agosto de 2014

Os sentimentos múltiplos

casa quântica
Todo sentimento é múltiplo e variado. O pesquisador Marco Aurélio Dias diz que "se percebermos bem, veremos que tudo em nós e a nossa volta é montagem. Nossa comunicação é uma montagem de letras, palavras e frases. Uma montagem de sons. Essas letras, palavras e frases são induzidas pelos sentimentos, e estes também são montagens de vários sentimentos. Na alma humana não existe sentimento puro. Ninguém sente amor e somente amor. Medo, carência, solidão, baixa estima, desejos, tristeza, melancolia, alegria, raiva, bondade, infelicidade, vaidade, paixão, mágoa, fraqueza, vício, sexo, amor, etc. - tudo isto junto, e muito mais, é disparado nas nossas relações. Todas as pessoas que nos rodeiam são igualmente montagens de palavras, frases, sentimentos e partículas da matéria. Somos igual a um Maracanã lotado de torcedores. Os sentimentos disputam dentro de nós qual deles vai ser veiculado nas relações. Enganamo-nos, o tempo todo, com as pessoas e as enganamos ao mesmo tempo, porque tanto as nossas montagens quanto as delas são momentâneas. A raiva vem e passa. A alegria também. A tristeza igualmente. A raiva passa porque outros sentimentos se juntam e descaracterizam aquela montagem anterior. O universo funciona na base de montagem". Quando olhamos uma escultura expressionista temos uma visão exata da montagem que somos. Milhares de partículas invisíveis se unem para criar massa, formar um corpo e torná-lo visível. Veja mais

Nhá Chica e o cheiro de vela

capela nhá chica
Quando visitei a Capela Nhá Chica, em São Lourenço, aconteceu uma coisa muito estranha. Estávamos todos conversando sobre Nhá Chica e o Sr. Marco Aurélio Dias contava-nos histórias de alguns milagres da religiosa. No meio da conversa começamos todos a sentir um cheiro de vela muito forte, como se muitas velas tivessem sido acesas. Na medida em que ele contava as histórias, o cheiro de vela ia aumentando. E não tinha nenhuma vela acesa no local. Nem antes da conversa tinha cheiro de vela algum. Pensei que apenas eu estivesse sentindo o cheiro. Então perguntei aos outros visitantes que estavam conosco. E todos disseram que estavam sentindo aquele cheiro intenso de vela, que começou do nada. A capela de Nhá Chica é bem pequena, porém muito milagrosa. Incrível dizer isso, mas sinto que o Sr. Marco Aurélio Dias tem uma ligação especial com Nhá Chica através do trabalho até muito simples que desenvolve em São Lourenço divulgando o nome da religiosa mineira. Essas coisas não acontecem por acaso.

segunda-feira, 25 de novembro de 2013

A MENTE QUÂNTICA

sábado, 23 de novembro de 2013

A arte e o espaço unificado

A Casa das Artes é um espaço cultural. Também conhecida como Casa Quântica ou Casa das Partículas. Sua arquitetura é uma demonstração da física quântica. Ela é toda revestida com pedaços de azulejo. A intenção é demonstrar artisticamente que a matéria não é um corpo sólido, mas um aglomerado de partículas infinitamente pequenas e invisíveis para a visão humana. Elas se unem suficientemente até formarem os corpos visíveis. Então, na prática, o corpo de uma pessoa não é algo sólido, mas uma estrutura de milhões de partículas que estão juntas. Mais ainda, por mais unidas que essas partículas estejam, elas não se tocam. O mundo mais real é o mundo das partículas e não o mundo aparente como o vemos. Nada do que vemos é real. A arte imita a vida.Uma bela pintura de Leonardo Da Vinci - por exemplo, a Mona Lisa - é um espaço artístico que só se tornou real depois de milhares de pinceladas. Poderíamos dizer que as partículas da matéria pintam a vida do jeito que a vemos.

quinta-feira, 21 de novembro de 2013

O Infinito de Possibilidades do Mundo Quântico

A MENTE QUÂNTICA E O ESPAÇO TEMPO

quinta-feira, 7 de novembro de 2013

ORAÇÃO À NHÁ CHICA

         
Glorioso Deus e Santíssima Trindade: Pai, Filho e Espírito Santo, em nome de Nosso Senhor Jesus oração de Nhá Chica
          A Beata Nhá Chica, em nome de Maria, multiplicava laranjas, e pode também multiplicar a felicidade da minha casa. 
          A Beata Nhá Chica, por Maria Santíssima, curava os doentes, e pode também curar as minhas enfermidades. 
          A Beata Nhá Chica, em nome de Maria, alimentava os pobres, e pode me alimentar sempre que eu passar necessidade. 
          A Beata Nhá Chica, por Maria Santíssima, fez a terra parar de tremer, e pode parar as aflições e os temores que me atormentam. 
          A Beata Nhá Chica, em nome de Maria, chamava o povo para fazer as orações, e pode também, em nome da Sagrada Mãe, chamar a paz para habitar em minha casa. Amém!
          Cristo e da Imaculada Conceição, Nossa Senhora, seja bendita a minha casa porque nela entrou esta

     (Rezar 1 Pai Nosso, 1 Ave Maria e fazer o sinal da cruz)